ABC Virtual
Faça Login ou  Cadastre sua empresa
 
 
Você está em Inicial > Notícias > Política > Governo do Estado quer negociar Ferroanel Sul na região
Governo do Estado quer negociar Ferroanel Sul na região

Secretário estadual de Logística e Transportes, Saulo de Castro Abreu Filho, irá a Brasília buscar recursos
Cadastrada em 28/05/2013 09:23:42
Por Karen Marchetti - ABCD Maior
Comentar
Marinho e Alckmin: anúncio foi feito durante visita do governador à Região.  Foto por Rodrigo Pinto
O governo do Estado quer negociar com o governo federal a instalação do tramo Sul do Ferroanel na Região. Para isso, nesta terça-feira (28/05), o secretário estadual de Logística e Transportes, Saulo de Castro Abreu Filho, vai a Brasília pedir recurso para construção de uma opção para o transporte de cargas no Estado.

O anúncio foi feito pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB) em visita ao ABCD nesta segunda-feira (27/05). O tucano não soube contabilizar quanto irá reivindicar ao governo federal. Outro pedido que será feito à presidente Dilma Rousseff (PT) serão recursos para ampliação e investimentos no porto de Santos.

“O secretário vai para Brasília conversar e buscar recursos para o Ferroanel e porto de Santos. Não dá para imaginar que vamos resolver o problema de transporte de cargas só com caminhão e estrada. É preciso incentivar as rodovias e outros modais. Os governos estadual e federal têm feito investimentos em muitas obras. Juntos, estamos destinando R$ 1,7 bilhão na hidrovia Tiete/Paraná, entre outras alternativas”, disse Alckmin.

O tramo Sul do Ferroanel era para ser implementado junto com as obra do trecho Sul do Rodoanel, inaugurado em meados de 2010. Entretanto, o governo do Estado acelerou as obras do Rodoanel para conseguir inaugurá-lo antes do processo eleitoral e ter o então governador de São Paulo, na época candidato à presidência da República, José Serra (PSDB), no palanque.

O adiamento da implantação do tramo Sul do Ferroanel, além de gerar mais gastos, causou um entrave em parte do percurso. A ponte construída para o trecho Sul do Rodoanel sobre a represa Billings não comporta a passagem de trens de carga, de acordo com alguns engenheiros.

Tramo Norte

O governador admitiu que, diferente do trecho Sul do Rodoanel, durante a implantação do trecho Norte será feito, paralelamente, o tramo Norte do Ferroanel.

Alckmin acredita que com a medida economizará cerca de R$ 1,5 bilhão. Outra medida será dar preferência para a concessionária Ecovias, responsável pelas obras do Rodoanel. “A proposta é fazer o trecho Norte do Rodoanel junto com o tramo Norte do Ferroanel e com isso economizar R$ 1,5 bilhão. Para ganhar tempo e agilidade, vamos oferecer a oportunidade para a Dersa fazer a obra”, concluiu.

Aeroporto

Marinho acredita que ainda é cedo para estimar o valor da obra e que as articulações com o governo federal estão sendo realizadas. Entretanto, adiantou que será uma obra cara e que, por ser área de manancial, precisará de liberações ambientais.